Fibra Óptica


Enquadramento

Os investimentos efectuados na última década pela RNT na sua rede de transporte de energia eléctrica concretizaram a substituição dos obsoletos cabos de protecção das estruturas de rede eléctrica (ligação à “terra”), por cabos de standard OPGW(Optical Ground Wire) cujas características permitem também a transmissão e comunicação de dados utilizando para o efeito múltiplos de fibra óptica que se encontram num tubo no seu interior.Os cabos OPGW interligam as diversas subestações da RNT compondo assim a rede total de transporte de energia eléctrica, a qual constitui em paralelo uma rede de fibra óptica. Cada ligação directa entre subestações vizinhas será doravante designada como troço sendo que o conjunto dos troços forma a rede total de comunicações.

Fibra Óptica

Os cabos OPGW são colocados de forma aérea nos postes de alta tensão e além da camada metálica são constituídos por uma estrutura tubular contendo os cabos de fibra óptica. O conjunto dos cabos OPGW existentes, que interligam as diversas subestações, forma uma rede de fibra óptica de âmbito nacional. Esta rede atravessa onze (11) províncias, ligando os principais pontos de produção de energia eléctrica através dos eixos Luanda-Benguela e Luanda-Uíge. De notar que as províncias de Cabinda e Huambo têm actualmente os seus troços ainda separados da restante rede OPGW.

Benefícios

O conjunto dos cabos OPGW existentes, que interligam as diversas subestações, forma uma rede de fibra óptica de âmbito nacional. Esta rede atravessa onze (11) províncias, ligando os principais pontos de produção de energia eléctrica através dos eixos Luanda-Benguela e Luanda-Uíge. De notar que as províncias de Cabinda e Huambo têm actualmente os seus troços ainda separados da restante rede OPGW.Pelo facto da capacidade da rede OPGW exceder as necessidades internas de comunicações da RNT (teleprotecção, televigilância, rede corporativa, etc) em aproximadamente 75%, surge a oportunidade de aproveitar comercialmente a capacidade ociosa. Nesse sentido, foi seleccionado um modelo de Concessão para rentabilização da infra-estrutura a entidades terceiras.

Fibra Óptica